.  o agrupamento de escolas lapiás
 




 

Sobre o Agrupamento

O Agrupamento de Escolas Lapiás é composto por 17 estabelecimentos de ensino.

Estas diversas escolas encontram-se distribuídas por diversas freguesias pertencentes ao Concelho de Sintra.

O Agrupamento de Escolas Lapiás abrange cerca de 2000 alunos, provenientes de uma extensa área geográfica, que corresponde à zona nordeste do Concelho de Sintra.

É uma região rica em património histórico onde se podem encontrar vestígios arqueológicos que remontam à pré-história.

Tratando-se inicialmente de uma área exclusivamente rural, veio mais tarde a acolher populações oriundas do Norte do país e do Alentejo, atraídas pelas explorações de mármore que expandiam a sua actividade.

A transformação das rochas ornamentais continua a ser a actividade principal na qual se ocupa a maior parte da população. Paralelamente foi-se desenvolvendo o sector do comércio e dos serviços, dando a esta região algum desenvolvimento económico. Sendo uma região com baixo índice de desemprego é uma zona de grandes contrastes económicos, havendo por um lado agregados familiares com bom poder económico a par de famílias de fracos rendimentos.

Sendo uma zona com uma cultura que de fundo emerge de um meio rural, encontra-se fortemente impregnada de aspectos próprios dos meios industriais, donde resultam facetas múltiplas, umas próprias de meios rurais, outras dos centros industriais e urbanos.

A nível educativo as populações estão servidas de jardins de infância e escolas do 1º ciclo, ao nível dos 2º e 3º ciclos apenas existe uma escola e, só a mais de 10 km de distância podemos encontrar escolas secundárias.

Existe assim, dentro da escolaridade obrigatória um percurso educativo sequencial das crianças desta região nestas escolas, factor essencial para a proposta de constituição deste agrupamento.

Outro aspecto a realçar é a existência de um trabalho conjunto destas escolas. Algumas das escolas do 1º ciclo e jardins de infância já partilharam um projecto educativo comum no “Projecto das Escolas Isoladas“, experiência que impulsionou os elementos responsáveis por estes estabelecimentos a propor, no ano lectivo de 1998/99 a constituição de um agrupamento horizontal, o qual não chegou a ser homologado.

Encontramos outras acções comuns entre as escolas do 1º ciclo e jardins de infância e a escola 2,3, nomeadamente:

  • actividades conjuntas inseridas nos Planos Anuais de Actividades;

  • partilha de informações pertinentes, a fim de preparar a transição dos alunos dentro dos ciclos;

  • projectos em comum como o Projecto Alfa e a informatização dos Centros de Recursos;

  • trabalho conjunto no âmbito das Redes Sociais de Freguesia.

Podemos afirmar que ao longo dos anos se tem vindo a construir um percurso com projectos em comum, experiências que importam agora valorizar criando um projecto educativo comum que favoreça um percurso escolar sequencial e articulado dos alunos desde o jardim de infância ao final do 3º ciclo, privilegiando a vantagem dos aspectos pedagógicos de um agrupamento de escolas aos aspectos administrativos.

O trabalho em agrupamento irá permitir às escolas a articulação vertical/horizontal do processo ensino aprendizagem, o intercâmbio de professores, esbater o isolamento de algumas destas escolas, trocar experiências e um melhor conhecimento dos alunos.

Pela dimensão e dispersão das escolas, uma grande desvantagem deste agrupamento, é necessário mobilizar as comunidades educativas para um trabalho conjunto na definição de um projecto educativo, optimizando os recursos e partilhando responsabilidades, não só das escolas como dos diferentes organismos – autarquias e Ministério da Educação.

 

As Escolas do Agrupamento

No dia 1 de Julho de 2011, o antigo Agrupamento de Escolas de Almargem foi extinto, tendo sido oficialmente integrado no Agrupamento de Escolas Lapiás.

Como resultado, o Agrupamento de Escolas Lapiás, do qual a Escola EB 2,3 Dr. Rui Grácio é a escola sede, é actualmente composto por 17 estabelecimentos de ensino, sendo 16 jardins de infância e escolas do 1º Ciclo e uma escola do 2º e 3º Ciclos (a Escola Sede):

  • JI Albogas

  • JI/EB1 Almargem do Bispo

  • JI/EB1 Aruil

  • JI Camarões

  • JI/EB1 de Cortegaça

  • JI/EB1  D. Maria

  • JI/EB1 de Lameiras e Fação

  • JI/EB1 de Maceira

  • JI Montelavar

  • EB1 de Montelavar

  • JI Morelena

  • EB1 de Morelena

  • JI/EB1 Negrais

  • JI Palmeiros

  • JI/EB1 de Pêro Pinheiro

  • JI/EB1 Sabugo e Vale de Lobos

  • Escola EB 2,3 Dr. Rui Grácio (escola sede)

  Para aceder aos contactos das diversas escolas, clique aqui.


LOCALIZAÇÃO GEOGRÁFICA DAS Escolas do Agrupamento Lapiás

 

A Comunidade Educativa do nosso Agrupamento de Escolas

O Agrupamento tem desenvolvido ligações com a comunidade educativa local.

Tem sido promovida a participação dos pais na vida das escolas através da realização de reuniões periódicas, do atendimento individual, no apoio à preparação e realização de actividades, no desenvolvimento de projectos com as crianças e os alunos, de seminários e encontros, verificando-se uma grande adesão por parte dos pais quando solicitados a integrar projectos desenvolvidos pelos seus educandos.

A disponibilidade para cooperar com as estruturas do Agrupamento é efectuada através da participação das Associações de Pais das várias escolas do Agrupamento.

Sendo um Agrupamento que se divide por várias Juntas de Freguesia existe uma maior ligação  com as que estão geograficamente mais perto – Pêro Pinheiro e Montelavar e que se traduz numa cooperação a nível de disponibilização de transportes gratuitos, no apoio a actividades da escola, festas comemorativas, jornal escolar,  na organização de actividades para as crianças no Natal ou dia da Freguesia.

A Câmara Municipal de Sintra articula com o Agrupamento na gestão dos refeitórios, na manutenção e arranjos dos JI e EB1, no acompanhamento da CAF e das AEC, na atribuição de verba para o desenvolvimento do Plano Anual de Actividades, no desenvolvimento de projectos com a participação dos alunos e na promoção de colóquios, seminários e formação de pessoal não docente.

Para a prossecução dos objectivos do Agrupamento são estabelecidas parcerias e protocolos em diversas áreas com as empresas e instituições locais.

Existe uma excelente colaboração com as empresas locais que se têm disponibilizado para aceitar a colocação dos estágios profissionais dos alunos de CEF, de alunos com NEE em pré-profissionalização e colaborado no fornecimento de materiais ou serviços para projectos de escola.

Estão estabelecidos protocolos com instituições culturais para cedência dos espaços para o desenvolvimento das AEC ou para apresentação à comunidade das actividades dos alunos.

É frequente o desenvolvimento de projectos  em colaboração com alguns parceiros da comunidade educativa – Centro de Saúde, Bombeiros Voluntários e Associações de Idosos.

Alguns dos Parceiros da nossa Comunidade Educativa (links web):

Junta de Freguesia de Pêro Pinheiro

Junta de Freguesia de Montelavar

Centro de Formação de Associação de Escolas de Sintra (CFAES)

Câmara Municipal de Sintra

Centro de Saúde de Pêro Pinheiro

Bombeiros Voluntários de Montelavar

 


 

Topo da página